13 de dezembro de 2008

Mulher da revista!


Passado: deixa-me, solta-me!
Já embrulhei teu presente!
As cartinhas ridículas, os amores calados, chatos, amarrados. Toma!

Futuro: agarra-me, usa-me!
Refaço teus planos!
Aceitas? Então acrescento outros, reinvento muitos.Vamos!

Para as tristezas e decepções eu separei um baú:
Mando pra lá você que me esqueceu
E você que prometeu demais.
Os amores inúteis e os abraços mornos,
Os beijos secos e amassos frouxos.

Agora eu sou a mulher da revista
Feliz, cabelos ao vento
Agora eu sou a árvore em flor
Verde, sombra, maça.
Agora eu digo: que venha a vida!!!
Com seus amores imperfeitos, beijos doces, cheiros novos
.

3 comentários:

Mariana disse...

QUE VENHA A VIDA!!
É isso mesmo prima,nada de tristezas.Também mando as coisas chatas para o baú.A vida é tão linda, tão primorosa, e não entendo porque tantas pessoas tocam o mesmo disco,batem a mesma tecla...
"VIVA E DEIXA-ME VIVER!!"
Beijoquinhas no coração
Sua prima
Mariana

Luciana Ayres disse...

e nao desista mesmo!! pois o resultado final, sem dúvida, valerá a pena!! bjs e boa semana!!!

Engª Karine Pimenta disse...

Oi Lu...Não consigo postar no seu blog. Pq?

Rumo à casa dos 74 kg!!! Desce, gráfico, desce!!!